Rumo à agricultura comercial para pequenas agricultoras

Agricultura Familiar / Mali

Em Mali, o papel das mulheres é limitado principalmente ao trabalho doméstico. Isso se deve, em parte, a fatores culturais, mas também ao acesso limitado à terra e à falta de equipamento apropriado devido à indisponibilidade de financiamento, o que limita sua capacidade de gerar renda familiar suficiente e se tornar autossuficiente. 

NOSSO IMPACTO

icon-women2.png

1.057

MULHERES AGRICULTORAS

icon-beneficiaries2.png

23.083

BENEFICIÁRIOS

tractor2.png

14

DIFERENTES MÁQUINAS ENTREGUES

grain2.png

600

TONELADAS DE GRÃOS CONTRATADAS

Nosso trabalho

Patrocinado pela Fundação e em parceria com o Programa Mundial de Alimentos, o programa visava permitir que organizações de mulheres agricultoras das regiões sul e central de Mali se envolvessem mais ativamente na agricultura comercial. Ao fornecer ferramentas agrícolas e de cozinha, ele buscava melhorar a produtividade e a autossuficiência das propriedades administradas por mulheres e, assim, reduzir as desigualdades de gênero. Também proporcionou treinamento às mulheres para ajudá-las a operar suas propriedades de maneira mais eficaz, incluindo aulas de alfabetização, contabilidade, manejo pós-colheita e técnicas agrícolas. 

Principais impactos

O maquinário fornecido às mulheres agricultoras incluíam moinhos, arados e bois e cultivadores, permitindo o aumento do desempenho e da produtividade da plantação, reduzindo a dependência dos agricultores do sexo masculino, tradicionalmente os proprietários de equipamentos. O equipamento também permitia que as mulheres obtivessem renda extra ao alugá-los para os membros da comunidade por uma pequena taxa de serviço. Essa receita adicional era utilizada para fazer a manutenção do equipamento e administrar as cooperativas de produtores as quais tiveram um aumento de associados, criando mais autossuficiência e fortalecendo a comunidade. Foram realizadas 49 sessões de treinamentos com foco em vários tópicos, como técnicas agrícolas, manuseio pós-colheita e padrões de qualidade, com o objetivo de tornar as mulheres agricultoras mais autossuficientes. 

Sobre nosso parceiro

ldf-logo-wfp.png

O Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PMA) é a maior agência humanitária de combate à fome global. Financiado inteiramente por doações voluntárias de governos e fundações, o PMA é o braço de ajuda alimentar da ONU e um instrumento fundamental na promoção da segurança alimentar. Essa iniciativa faz parte da iniciativa Purchase for Progress (P4P) do PMA, que conecta pequenos produtores a mercados ao alavancar a aquisição do PMA, e investe em capacitação em nível nacional para gerar resultados sustentáveis para aumentar a segurança alimentar nacional em longo prazo.

Duração do projeto

2013-2014

 

DEPOIMENTO

Nossos campos costumavam ser semeados muito tarde e muito da colheita estragava. Com o maquinário adquirido, podemos fazer a colheita no momento certo e de forma mais econômica, o rendimento melhorou e a produção é mais facilmente transportada para a armazenagem. Também estabelecemos um fundo compartilhado para pagar os custos de manutenção do maquinário, bem como os salários dos operadores.

Mamou Coulibaly

Presidente da Cooperativa de Benkola, Wacoro Dioila